Testemunhos de clientes

Jean-François Hoerlé

Etesia

Jean-François Hoerlé, diretor de marketing e comunicação

O especialista em máquinas de cortar relva autoportantes

Sendo parte integrante do grupo Outils Wolf, a PME alsaciana Etesia é uma das líderes a nível mundial em máquinas de cortar relva autoportantes, prestando serviços de manutenção de espaços verdes para as principais capitais europeias e várias outras grandes cidades. O diretor de marketing e comunicação da empresa, Jean-François Hoerlé, explica de que forma a Internet se tornou incontornável para o desenvolvimento do sector de exportação.

Sediada em Wissembourg (Alsácia), a sociedade Etesia foi constituída em 1989 no seio do grupo Outils Wolf. A PME especializada na concepção, no fabrico e na comercialização de materiais profissionais para a manutenção de espaços verdes desenvolveu com êxito uma gama completa de máquinas de cortar relva eléctricas autoportantes. «Dispomos de modelos fabricados há 25 anos e que continuam a funcionar muito bem», assinala o director de marketing, Jean François Hoerlé. «Os nossos modelos são concebidos a partir do sistema de corte e não de tracção», acrescenta.

As máquinas de cortar a relva autoportantes representam dois terços do volume de negócios (28 milhões de euros em 2015 para 130 pessoas). A seguir, surgem as roçadoras autoportantes fabricadas por uma sociedade japonesa e, em seguida, os robôs concebidos por uma empresa belga, e as máquinas de cortar relva tracionadas. A novidade mais recente: os carrinhos de mão eléctricos.

65% de volume de negócios em exportações

A base dos clientes-alvo é composta por profissionais ligados a espaços verdes (colectividades locais, paisagistas) às quais é necessário adicionar os parques de campismo, os hotéis, as piscinas, os parques de atrações e os clientes particulares mais exigentes. Nestes últimos anos, a Etesia desenvolveu o seu sector de exportações, em particular nos países da Europa Oriental (Rússia, República Checa, Polónia).

«Temos como clientes as grandes capitais (Paris, Madrid, Lisboa, Berlim, Londres), mas também cidades mais remotas domo Dubai, Sampetersburgo ou ainda Nova Deli», declara Jean-François Hoerlé. Actualmente as exportações representam 65% do volume de negócios, com a Alemanha a ocupar a primeira posição (15%), seguida do Benelux e do Reino-Unido (10% cada um).

A Internet traz-nos 90% dos contactos

Para Jean-François Hoerlé, o site da Etesia na Internet, que se encontra disponível em 4 línguas (Francês, Alemão, Inglês e Neerlandês), tornou-se incontornável para desenvolver o sector de exportação. «O nosso site traz-nos 90% dos nossos contactos», sublinha ele. Daí a importância de desenvolver uma versão nova que esteja mais adaptada às novas solicitações, nomeadamente em matéria de comércio electrónico. «O site actual data de 2009 e foi actualizado em 2013. Vamos modernizá-lo para o tornar mais inovador e «sensível». Pretendemos ainda criar uma autêntica loja de comércio electrónico», explica.

«O Europages, uma ferramenta de recrutamento de novos importadores»

Para Jean-François Hoerlé, o Europages permite que a Etesia disponha de uma presença na Internet sobre os produtos em línguas que não estão disponíveis no site da empresa. «A Europages traduz-nos dez palavras-chave para 15 línguas, o que nos permite alcançar novos alvos. Utilizamos os serviços da Europages desde 2012 e constatamos que se trata de uma verdadeira ferramenta de recrutamento de novos importadores para países distantes como a Nova Zelândia, a Austrália e a África do Sul», explica.

Além disso, a Etesia realiza campanhas de e-mailing em Francês e em Alemão. A PME também está presente no Facebook (páginas em Francês, Alemão e Inglês). Lançou campanhas publicitárias no Facebook francês com taxas de retorno interessantes.

O «netlinking» é indispensável

O conselho de Jean-François Hoerlé para que uma sociedade se desenvolva ao nível da exportação resume-se numa palavra: «netlinking», isto é, a troca de ligações em diversos sites especializados no respetivo sector de actividade. O que permite multiplicar a presença na Internet. «A Web é uma ferramenta poderosa para a exportação», conclui.

E*Page : Etesia

Voltar para a lista

E a SUA empresa, está referenciada no site EUROPAGES?

Adicione a sua empresa